sexta-feira, 29 de julho de 2011

Caetano Veloso e Maria Gadú juntos e ao vivo em Portugal

Caetano Veloso e Maria Gadú vão dar dois concertos juntos em Portugal no final do ano.
O primeiro está marcado para dia 3 de Novembro no Pavilhão Atlântico. Dois dias depois, é a vez do Pavilhão Rosa Mota receber a dupla brasileira.
Os dois encontraram-se no palco do Citibank Hall, no Rio de Janeiro, e daí nasceu o álbum «Multishow ao Vivo Caetano e Maria Gadu», com edição marcada para 19 de Setembro. O registo também estará disponível em DVD.
Do repertório, fazem parte canções como «Beleza Pura», «Dona Cila», «Shimabalaiê», «Nosso Estranho Amor», «O Quereres» e «Leãozinho».
Caetano vê em Maria Gadú um dos maiores talentos contemporâneos do Brasil e dela disse parecer «um moleque favela movie» com «peitos grandes».Gadú respondeu indicando que Caetano era a banda sonora da sua vida.
Para Lisboa, o preço dos bilhetes varia entre os 30 e os 60 euros. No Porto, os valores começam nos 25 e acabam igualmente nos 60.

Alinne Moraes escreve música para Maria Gadú gravar, diz revista

Atriz contou a 'Marie Claire' que 'parece estar psicografando' quando escreve

Adilson Lucas / AgNews/.Além de talentosa nas cênicas, Alinne Moraes também tem jeito para a poesia. A atriz, no ar em "O Astro", escreveu a letra da canção "Luzia", para Maria Gadú gravar. "Quem me vê escrevendo diz que parece que estou psicografando", contou ela à "Marie Claire".

Maria Gadú tem momento de 'patricinha' na Times Square, diz jornal

.Daniel Delmiro/,AgnewsSegundo coluna do jornal "Diário de São Paulo", Maria Gadú foi vista na quarta-feira, 27, em seu "momento de Carrie Bradshaw", fazendo compras na Times Square, em Nova York. Sorridente, a cantora circulou cheia de sacolas. 

Horas depois ela se apresentou no Rockwood Musical Hall, com casa lotada. Assim que voltar ao Brasil, vai entrar em estúdio para gravar novas canções, dentre elas, "Luzia", de Alinne Moraes.  

Maria Gadú vai cantar sucesso do Legião Urbana no Criança Esperança

Roberto Filho, Felipe Panfili e Francisco Silva/Ag. News

Maria Gadú vai cantar sucesso do Legião Urbana no Criança Esperança. Segundo a coluna “Zapping” do jornal “Agora”, quinze novos talentos da música vão se apresentar com a cantora no dia 20 de agosto.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Maria Gadú e Caetano recebem disco de platina

Ao se unirem em um projeto despretensioso, Caetano Veloso e Maria Gadú não sabiam que retorno ele teria, a proposta era levar um show acústico, voz e violão a diversos palcos do Brasil, passando por cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Recife.
O principal fruto dessa parceria foi o DVD “Multishow Ao Vivo – Caetano e Maria Gadú”, que foi lançado a menos de dois meses, e ganhou status de platina, alcançando o número expressivo de 90 mil cópias vendidas.
O show que foi gravado no Rio de Janeiro em janeiro deste ano, teve todos os ingressos esgotados e reuniu um setlist com os maiores sucessos da carreira desses grandes artistas da MPB. O material está disponível em CD, DVD e Blu-Ray, nas principais lojas virtuais e físicas do Brasil.
Em setembro, os artistas se unem novamente na estrada para mostrar o repertório do DVD, que inclui “Beleza Pura“, “Shimbalaiê“, “Podres Poderes” entre outros.

Musica de Jay Vaquer com participação especial de Maria Gadu





sexta-feira, 22 de julho de 2011

Família Gadú: genética propensa para a arte

Morando em Alumínio, pai de Maria Gadú fala do orgulho da filha - "um espírito iluminado, algo à frente do seu tempo" - e sobre projeto cultural que deve envolver toda a região

A conclusão mais lógica que se pode extrair depois de uma conversa com Marc Gadú é a de que ele é, inclusive, o pai da cantora Maria Gadú. Foi para falar da filha famosa que o Mais Cruzeiro o procurou na chácara em que mora na cidade de Alumínio, a meia hora de Sorocaba. A reportagem, entretanto, mirou um alvo e acertou outro. Marc, evidentemente, falou da estrela da família, mas revelou também estar à frente de um projeto que pretende trabalhar o potencial artístico-cultural da micro-região onde vive.
Em outras palavras, junto com um grupo que reúne músicos, cenógrafos, escritores, atores, fotógrafos e produtores (todos de municípios próximos como São Roque, Mairinque, Ibiúna, Votorantim, Piedade, Sorocaba e Pilar do Sul) busca formas de, por assim dizer, escoar a produção local e tornar públicos os talentos que arregimentou nesse processo. Entusiasmado com os valores que encontrou desde que por lá se estabeleceu, fundou a companhia Sacra Mistura que, sob a direção de sua esposa, Dida Gadú, estreia, em São Roque em setembro, "O Príncipe Feliz", texto de Oscar Wilde. 

Antes disso, levou à cena um espetáculo com instrumentistas, cujo repertório visitou temas de ícones do jazz, como Chick Corea, e da MPB, como Tom Jobim. Também músico, Marc assina a direção de montagens, compõe trilhas, desenvolve parcerias como aquela que mantém com o cantor João Bid, integrante do grupo Catavento, faz curso de dança contemporânea para, conforme disse, "aprimorar a expressão corporal" e, de quebra, toca em vários espaços. Não fica nisso: Patrick Gadú, outro filho, está para começar carreira solo como cantor, faz show em São Roque no dia 26 de agosto.

O curioso neste caso é que a opção por se distanciar do estresse do grande centro (no caso, São Paulo) para viver num ambiente mais tranquilo, deu lugar a mais trabalho. "Eu pensava que aqui fosse ficar mais acomodado. Que nada!", comentou. Comodismo não é, definitivamente, um traço comum à personalidade de Marc Gadú; ao contrário, ele parece ficar em estado de ebulição constante. Espécie de adulto hiperativo, irrequieto, vibra com cada novidade, elogia os artistas e a estrutura de que dispõe para trabalhar. "Aqui existem casas que nada ficam a dever àquelas da capital. Temos um filão inesgotável para explorar."

A casa onde Marc vive é uma atração à parte. Com cartazes fixados nas paredes, elementos cenográficos como os bonecos que serão usados na montagem de "O Príncipe Feliz", o lugar exala bom astral. Lá, recarrega as baterias, dedica-se a compor e ensaia, aproveitando o que a natureza oferece. No momento, divide o tempo entre o o teatro, a música e o show do filho. Ainda não tão conhecido, Patrick Gadú trabalha a vertente do pop rock. Tem o DNA do clã e está perto de se lançar profissionalmente.

Marc quer colocar a região na rota dos acontecimentos culturais. Pensa alto, acredita que vá conseguir mobilizar gente de vários segmentos. Já conta, entre outros, com a adesão de Adriano Ávilla, Ernesto Miranda, Antonio Victória, todos de cidades próximas. O coletivo ainda não tem uma agenda a cumprir, mas espera, logo, levar o debate a outros municípios e dar à iniciativa um caráter regional, mais ampliado.
Sobre Maria Gadú propriamente, Marc falou do quanto sua rotina mudou desde que a cantora ganhou projeção. Por conta do parentesco, é abordado, recebe pedidos para dar autógrafos e posar para fotos. Encara tudo com naturalidade e leveza. Emociona-se ao lembrar que Maria Gadú ocupa, hoje, posição de tanto destaque na cena musical. "Ela é um espírito iluminado, algo à frente do seu tempo", comenta. Marc mencionou que o convívio com Maria sempre foi intenso. "Ela era uma criança feliz, muito inteligente. Aos dez anos, já compunha, falava outro idioma. Temos uma ligação muito forte. Chegamos, inclusive, a gravar os extras para DVD Multishow. Ela própria, aliás, quis que participássemos."

Durante a entrevista, mostrou à reportagem um tema ainda inédito que os dois gravaram, "Salve os Erês". Maria Gadú viaja pela Europa (está em Londres) e, na volta, deve dar continuidade à produção do novo álbum. Marc não sabe detalhes do projeto que, provavelmente, deva ser concluído ainda este ano, mas espera que a canção possa ser uma das faixas do futuro trabalho. A última vez que os dois se encontram foi por ocasião do show que ela e Djavan, fizeram no Clube União Recreativo, em Sorocaba.

Maria Gadú na Radio Monte Carlo - programa Farchetto Patty Em The Music







Maria Gadu fez tour pela Europa, se apresentando em diversos países como Portugal, Itália e Suíça.

No início do mês de julho a cantora Maria Gadu fez tour pela Europa, se apresentando em diversos países como Portugal, Itália e Suíça.

Maria_gadu

Em todos os shows os ingressos se esgotaram, uma prova de que as letras emocionantes da jovem compositora agradam públicos de todos os lugares do mundo, assim como sua voz inconfundível.

E esta artista de nível internacional se apresenta na região muito em breve. Maria Gadu fará show dia 26 de agosto na arena do Iate Clube.

A estrutura de palco, iluminação e cenografia será a mesma que foi utilizada na gravação do DVD da cantora. 

Os ingressos estão à venda no SG Posto Orla, River Shopping e Posto Pingo de Ouro em Juazeiro (ao lado da Sanfra Motos).

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Compositor de hits de Ana Carolina, Antonio Villeroy comemora 50 anos

O músico celebra seu aniversário rodeado de amigos e das músicas que compôs para Maria Bethânia, Ivan Lins e Maria Gadú.


Longe de nós ver a garganta de Antonio Villeroyestranhando por não nos ver, logo na sua festa de aniversário, que aconteceu ontem, na Urca. O get together  organizado para comemorar seus 50 anos de vida e 30 de carreira  do compositor contou com a presença de diversos amigos e fãs daquelas canções que todo mundo adora, famosas nas vozes de Maria Gadú,Maria Bethânia e Ivan Lins.



segunda-feira, 18 de julho de 2011

Maria Gadu em Brasilia


Maria Gadú

A cantora Maria Gadu estará de volta a Capital Federal!!

Imagine em apenas um ano, uma cantora ver a música que compôs com
dez anos de idade virar hit nacional, lançar seu CD de estreia e receber a certificação de Disco de Platina – venda superior a 100 mil cópias -, fazer mais de 100 shows por todo o país, vencer o Prêmio Multishow 2010 na categoria Melhor Álbum e ainda ser indicada ao Grammy Latino 2010 Cantor/Compositor.

Não à toa, Maria Gadú tem motivos de sobra para festejar o que
aconteceu na sua vida de um ano para cá. Recentemente a cantora dividiu o palco com Caetano Veloso que teve como resultado o CD e DVD “Multishow ao Vivo – Caetano e Maria Gadu “. O canal Multishow esta com esse apresentação em sua programação.

Ainda este mês a Rainha Silvia, da Suécia, promoveu o evento Chidhood
Foundation. No palco além de Maria gadu, estiveram, Djavan, Caetano
Veloso, Seu Jorge, Milton Nascimento, Sandra de Sá e Maria Bethânia. E
esse talento, capaz de “encantar” de rainhas a um dos maiores nomes da MPB, que a cantora e compositora traz ao palco do Auditório Master
do Centro de Conveções Ulysses Guimarães, numa apresentação única e imperdível.

Antes de vir a Brasília, Maria Gadu se apresenta em julho no Festival Delta Tejon em Portugal e com Ana Carolina leva a música brasileira ao Festival de Moutreux na Suíça.
Ingresso

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Nossa estrela no Clipe da música em prol das crianças e adolescentes vítimas de abuso e exploração sexual.

Clipe da Música tema gravado por 22 estrelas da música brasileira em prol das crianças e adolescentes vítimas de abuso e exploração sexual.



SAIBA MAIS SOBRE ESSA CAMPANHA

Vamos Votar na Gadú?

Qual Cantor/Banda Internacional/Nacional deve cantar na COPA DO MUNDO em 2014?

Qual Cantor/Banda Internacional/Nacional deve cantar na COPA DO MUNDO em 2014 ?
Top 100 ! Vamos lá pessoal votando e divulgando. Quem sabe a nossa Maria Gadu  toca em 2014? 
Ela esta na 81ª Posição vamos fazer subir gente... 


CLIQUE AQUI E VOTE

Show em Curitiba


Maria Gadú vem a Curitiba para única apresentação no dia 12 de agosto, no Teatro Positivo. O show “Maria Gadú - Multishow Ao Vivo” conta com o repertório do CD homônimo lançado em 2010. Entre as músicas estão “Lanterna dos Afogados”, “Trem das Onze” e “Quase Sem Querer”
Onde: Teatro Positivo
Quando: 12/08/2011, às 21h15
Quanto: Plateia Inferior: R$ 160 (½ entrada: R$ 80) 
Plateia Superior: R$ 130 (½ entrada: R$ 65)

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Trilha sonora: Maria Gadú acha sua música perfeita para Açucena e Jesuíno


‘Comecei a olhar para essa música de outra forma, diferente de quando a fiz’, afirma a cantora

Maria Gadú embala romance dos protagonistas (Foto: Divulgação)Maria Gadú embala romance dos protagonistas
O amor de Jesuíno (Cauã Reymond) eAçucena (Bianca Bin) contagia a todos que assistem a Cordel Encantado. E Maria Gadú foi a escolhida para embalar esse romance tão especial. “Bela Flor” é a música tema do casal de protagonistas, que deixa as cenas dos dois ainda mais encantadoras.
Maria Gadú conta que está adorando ver sua música na novela. “Estou achando fofo! Comecei a olhar para essa música de outra forma, diferente de quando a fiz”, afirma. A cantora é fã de Cordel Encantado e diz que tenta sempre acompanhar cada capítulo. “Assisto à novela sempre que dá. Fiquei emocionada com o primeiro capítulo. Eu gosto da história”.
“Bela Flor” foi composta pela própria Maria Gadú em homenagem a duas amigas gêmeas, mas ela afirma que tem tudo a ver com o romance de Açucena e Jesuíno: “Combinou muito!”.






Confira a letra da música abaixo:
A Flor que vem me lembrar
A Flor que é quase igual
A Flor que muito pensa
A Flor que fecha o Sol
Parece a mesma flor
Só muda o coração
Quando se unem são
A Flor que inspirou a canção
Bela Flor, pouco disse
Gêmea Flor, que cresceu no Rio
Bela Flor, pouco disse
Gêmea Flor, que cresceu no Rio
Que dance a linda flor girando por aí
Sonhando com amor sem dor, amor de flor
Querendo a flor que é, no sonho a flor que vem
Ser duplamente flor, encanta colore e faz bem
Bela Flor, pouco disse
Gêmea Flor, que cresceu no Rio
Bela Flor, pouco disse
Gêmea Flor, que cresceu no Rio
Oh flor, se tu canta essa canção
Todo o meu medo se vai pro vão
Pra longe, longe que eu não quero ir
Mas deixe seu rastro pólen, flor pra eu poder seguir
Bela Flor, pouco disse
Gêmea Flor, que cresceu no Rio
Bela Flor, pouco disse
Gêmea Flor, que cresceu no Rio

Maria Rita, Ana Carolina e Maria Gadú participaram do Festival de Jazz de Montreaux, na Suíça, nesse final de semana

Encontro das cantoras
Encontro das cantoras (Uol)
O Festival de Jazz de Montreux, na Suíça, contou com shows de três divas da MPB: Maria Rita (33), Ana Carolina (36) e Maria Gadú (24). As cantoras se apresentaram no auditório Stravinsky do Centro de Congressos, com a plateia lotada.
A primeira a cantar foi Maria Gadú, que estendeu sua apresentação em 15 minutos extras. Ao interpretar sua versão de Ne me Quites Pas, ela foi ovacionada.
Ana Carolina subiu ao palco 30 minutos depois de Gadú. E Maria Rita, apresentada no palco por Quincy Jones, que lembrou Elis Regina ao anunciá-la, fechou a noite das brasileiras no festival.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Villa Ada - Roma/Itália (07/07/2011)




Maria Gadu mostra em Milão, após o sucesso de seu álbum "Shimbalaiê"

Trilha original do espetáculo: Maria Gadú - Programação Infantil - 8 a 14 de julho

Leandro Hassum e Marcius Melhem comandam o musical infantil 'Festa na floresta' Trilha original do espetáculo: Maria Gadú.  A partir da história de Lucas, um menino de nove anos, considerado esquisito, o musical rock aponta para o direito que toda criança têm de ser exatamente como são. Oi Futuro Flamengo, Rua Dois de Dezembro, 63,  Flamengo (3131-3060). Cap.: 84 pessoas. Sáb. e dom., às 11h30. Grátis, com distribuição de senhas 30 minutos antes.  Duração: 1h0. Até 31 de julho. O espetáculo destinado a um público diversificado com e sem deficiência. Em todas as sessões são oferecidos recursos como programas em braile, audiodescrição, subtitulação eletrônica e intérprete de Libras.